Aula de 16/06/1992 – Lucrécio e a ontologia da ilusão

Eu disse pra vocês a distinção do especulativo e do prático. O especulativo é epistemológico. O prático, ética. Tá? Toda a filosofia lucreciana objetiva a prática. Então, o fim ou o objeto da prática é o prazer. Fantástico o que ele está dizendo: a questão da prática, a questão da ética é o prazer. O prazer se opõe à dor. Então, todo o objeto da prática é o prazer. “Ora, a prática nesse sentido nos recomenda apenas todos os meios de suprimir e de evitar a dor.” Isso como fundamento prático: suprimir e evitar a dor. E aqui vai começar a aparecer a teoria belíssima dele: “Mas nossos prazeres têm obstáculos mais fortes que as próprias dores.” Esses obstáculos são “os fantasmas, as superstições, os terrores, o medo de morrer, tudo o que forma a inquietação da alma.”

gravação muito clara!

Parte 1:
Parte 2:

Uma opinião sobre “Aula de 16/06/1992 – Lucrécio e a ontologia da ilusão”

  1. Penso, contrariando Lucrécio,ora só minha pretenção,que o objetivo da prática da Ética não é o prazer,mas pura e simplesmente ser- realizar o sonho da Natureza, que por sua vez expõe e atrela invariavelmente a dor da e na transformação dos corpos destinados a esta múltipla organização.

    Prazer e dor,faces da mesma moeda, num girar dinâmico verticalizado ,oferta no movimento a terceira face – a trindade na unidade – a olho nu, o real ali manifestado.

    Inseparáveis,dor e prazer alternam-se,engendram enquanto crias presas do pensamento (formatadores de fantasmas), povoando de novas questões,miríades de obstáculos, à diminuir o poder reflexivo até serem lançadas á luz da prática.Parece complicado,mas o olhar atento aliado ao gesto corresponde e decifra qualquer corrente de pensamento-fantasma articulado pela inteligência ( a ferramenta de construção de arquiteturas legítimas ou não) adentra, sente e revela novo espaço – ali mesmo onde já o olhar da intuição antecipa a compreensão do autor,da obra e sua utilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *