Aula de 28/10/1993 – Platão e Kant: afecção da alma

Pathémata pode ser traduzido por afecção, ‘pathémata tés psychés’, afecção da alma. Então é o pathémata do psiquismo: afecção da alma. Essa idéia de afecção da alma... ela é básica, tanto no platonismo, como no kant.

A minha aula aqui [neste grupo] visa muito Kant.

(...) As afecções que a alma pode receber são os pathématas e isso aqui não só em Platão, mas fundamentalmente vai nos interessar, no Kant.  Os Pathématas do Kant, as afecções da alma.

(...) Se eu fosse trabalhar nestas afecções, nestes pathématas, nas paixões da alma em termos platônicos, eu diria que o homem teria 4 afecções: 4. Ele seria afetado pelas ilusões, pelos corpos sensíveis, pelas matemáticas e pelas idéias. [Estas] seriam as 4 afecções dele. Estas 4 afecções, com pequenas diferenças, é o mesmo que aparece no Kant.

Então, a alma humana seria afetada... afetada... (no Platão vocês vão entender isso com uma clareza incrível!) ... a alma humana seria afetada por coisas exteriores. Estas coisa exteriores que afetariam a alma humana seriam: as imagens, as sombras, os reflexos na águas, as imagens no espelho... no nosso caso: as imagens na televisão, as imagens no cinema, as imagens pictóricas, as imagens sonoras, as imagens odoríferas, as imagens palatares... (Certo?) Seriam uns dos pathématas. (...)

Aluno: No Kant?

Ulpiano: Aqui estou usando Platão, para ficar mais claro, mas pode usar Kant da mesma maneira.

Aluno: Mas você antes você tinha falado em 4 afecções... como é?

Ulpiano: Sim, eu disse 4 [afecções]:  imagens [ ilusões], coisas, matemáticas e idéias.

Aluno: Então, isso aqui que você está fazendo agora é um detalhamento?

Ulpiano: Sim, estou detalhando. Estou dando exemplos de imagens.

É muito fácil compreender isso. Nós somos ou não afetados pelas imagens? Somos o tempo todo! Afetados por imagens.

As imagens... que imagens nos afetam?
Olha, as imagens naturais [por exemplo]: quando uma nuvem passa, uma sombra bate aqui e nos afeta, até o calor e a temperatura do corpo muda...
Os reflexos que aparecem nas águas, nas poças d’água, nos mares, nos rios... ou as imagens de televisão, as imagens do cinema.

E essas imagens produzem afecções em que? Na nossa alma. (...)

Além disso, as coisas que existem no mundo: as cadeiras, os corpos vivos, os corpos naturais, os objetos técnicos... Também produzem afecções em nós. Nitidamente produzem afecções em nós.

Os gregos consideram que estas imagens, como as coisas, estão fora do sujeito. Estão fora do sujeito. Nenhuma está dentro dele.

E além destas que eu falei  eu falei em 4  existem os objetos matemáticos. Que são as equações, os números qualquer tipo de número , qualquer tipo de cálculo... também estariam fora do sujeito. Fora do sujeito e afeta o sujeito.

E além disso, em quarto lugar, as idéias.

Seriam as 4 afecções que o sujeito teria. Que o sujeito humano teria. Que a alma humana teria.

(fragmento transcrito da aula em áudio)

Parte 1:


Parte 2:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *