Constelação: Então eu me conheci – Karen Éler

ENTÃO EU ME CONHECI
Karen Éler

Então eu me conheci,
Mas isso foi de manhã.
Desde então, quantas de mim morri!
.
E me dei mil vezes à luz
Em outro e outro endereço.
Agora é noite, estou aqui;
De novo não me conheço.
.
Às vezes caminho comigo
E vem correndo o espelho,
Acompanhado da vida,
Apresentar-me
A uma desconhecida.
.
E ela me encara e nós rimos
Desse buscar de mim em que insisto:
Eu não existo.

(Acima de tudo a lua, 2009)


[print_link] [email_link]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *