Há textos que são difíceis… Manuscrito 9

"Platão

Estado do mundo e objetividades vistas

Há textos que são difíceis, inacreditavelmente difíceis – e nos desafiam de suas distâncias aparentemente inalcançáveis. Dar importância à essência é ressaltar o platonismo, mas também fazer Proust presente. Bem, pelo menos assim faz Deleuze. Aproxima e depois agencia-se com o menos destacado, pois deste tira a renovação. Então a ideia de essência é renovada em Proust? Sem dúvida, é assim que aparece: mas tão relacionado a tudo, à obra de Deleuze, que ir ao Proust, é ir à obra toda de Deleuze."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *